Paraná lança primeiro sistema de vistoria eletrônica de veículos do País
Fotos: Juliano Pedrozo

As vistorias de veículos realizadas no Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) vão ficar mais modernas, seguras e rápidas.

 

Lançado na quinta-feira (28), um novo sistema inédito no Brasil, que passa a ser testado pela autarquia em Curitiba, vai substituir o uso de papel por arquivos eletrônicos.

Um aplicativo de celular permitirá que os vistoriadores do Detran e despachantes credenciados ao órgão façam a vistoria passo a passo, com inclusão de fotos, observações importantes e dados de identificação do veículo.

Desenvolvido em parceria pelo Detran, Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) e Sindicato dos Despachantes do Estado (Sindepar), o aplicativo apresenta um roteiro em que são preenchidas informações de placa, renavam e chassi do veículo, além de incluir fotos de cada item vistoriado, como lacre, motor, frente e traseira do veículo, assim como avarias encontradas.

"O Paraná é o primeiro Estado do País que terá a vistoria totalmente eletrônica, por celular e transmitida via wifi 3G ou 4G", explica o diretor-geral do Departamento, Marcos Traad.

Eles explica que uma vistoria mais apurada e tecnicamente aperfeiçoada garante dados mais precisos e, assim, o cidadão tem mais segurança no momento de comprar ou vender um veículo. “Por ser online, o novo sistema permite ao Detran fazer auditoria nos processos e acompanhar em tempo real as vistorias realizadas, sem acúmulo de papel ou burocracia”, completa ele.

Como é um projeto-piloto, a primeira fase será restrita a Curitiba e deve identificar as melhorias necessárias. A expectativa é que o cronograma de implantação no Interior tenha inicio em julho de 2015.

"Cada passo foi pensado e construído em conjunto com uma comissão de vistoriadores. O diálogo foi importante para avançar e tornar um projeto deste porte realidade", destaca o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

FACILIDADE
Lançado para os despachantes de todo o Estado e para vistoriadores do Detran de Curitiba nesta quinta-feira (28), o sistema foi testado e aprovado.

“Nós participamos da construção do aplicativo e acreditamos que chegamos a uma versão que vai facilitar muito a vida dos usuários, despachantes e vistoriadores. É um sistema fácil e muito completo. Mais uma vez, o Paraná sai na frente e serve de modelo ao Brasil”, avalia o presidente do Sindicato, Everton Callamuci.

"Esse sistema é extremamente moderno e vai revolucionar os serviços de veículos prestados aos cidadãos", comemorou o despachante Roberto Ramos do Prado Succar, de Maringá.

"Era uma expectativa antiga e estamos felizes porque sabemos que é um grande avanço. O sistema vai agilizar o atendimento e facilitar todo o procedimento", comemora o vistoriador Carlos Gelson Soares, do posto do Detran da Vila Hauer. Desde sexta-feira (29), os usuários do Detran do Tarumã já terão as vistorias no novo sistema.

Ler 1160 vezes

Itens relacionados (por marcador)

  • TRE recebe a inscrição de 121 candidatos a prefeito e vice-prefeitos nos 42 municípios do Sudoeste

    2.839 candidatos a vereador por 25 partidos estão inscritos no TRE para concorrer as eleições proporcionais no Sudoeste.

  • Prefeituras receberam quase R$ 20 milhões a menos em ICMS no semestre

    Gestores estão cortando despesas para enfrentar momento de crise nas contas públicas.

     

    Da assessoria/Amsop

    Apesar do aumento nos repasses de ICMS às prefeituras da região em junho, o primeiro semestre do ano terminou com queda de R$ 19,6 milhões nas transferências do imposto. Os meses com pior resultado foram abril e maio, quando a redução foi de 33% e 40%, reflexo da redução da atividade econômica em função das medidas de combate ao coronavírus.

     

    Os repasses de ICMS aos 42 municípios do Sudoeste totalizou R$ 261 milhões entre janeiro e junho deste ano, valor menor que os R$ 280 milhões do mesmo período de 2019, segundo levantamento feito pela Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná). E as transferências do imposto são apenas uma das que as prefeituras recebem do governo do Estado e Federal para custear despesas e realizar investimentos e que também foram afetadas. A arrecadação própria dos municípios (com IPTU, ITBI, ISS...) foi reduzida.

     

    A União está complementando parte do FPM e aprovou o repasse de dois auxílios emergenciais a estados e municípios, mas somente uma parte destes recursos chegou às prefeituras.

     

    Corte de gastos e cumprimento das obrigações

  • Sudoeste do Paraná tem mais de 481 mil eleitores

    A Justiça Eleitoral divulgou dados referentes ao mês de maio de eleitores que já estão aptos a votar nas eleições municipais de 2020.

  • 215 pessoas morreram em decorrência da Covid-19 no Paraná

    Nesta quinta-feira foram divulgados mais dez óbitos, o maior número registrado em um único informe epidemiológico, desde o início da pandemia, há 81 dias. Estado tem 327 novos casos e total é agora de 5.820 diagnósticos.

  • Paraná investe R$ 23,3 milhões em equipamentos para escolas

    As 2,1 mil escolas da rede estadual receberão mais de 550 mil cadeiras, mesas, talheres em inox, pratos, banquetas, armários, mesas-refeitório, refrigeradores, além de climatizadores que estão sendo destinados para unidades de regiões mais quentes do Estado.

Entre para postar comentários
Top