Farol baixo será obrigatório nas estradas durante o dia
Divulgação

A exigência do uso de farol baixo durante o dia passa a valer a partir de 8 de julho nas rodovias brasileiras.

Assim, o que antes era apenas uma recomendação fica determinado por lei e o não cumprimento será considerado infração média de trânsito, com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira de Habilitação.

“Para as motos, o uso das luzes já é obrigatório durante o dia e a noite. No entanto, para os demais veículos a luz baixa é utilizada apenas à noite e em túneis. Com a nova medida, todos os veículos deverão circular com farol baixo ligado nas rodovias, inclusive em trechos urbanos e também em túneis com iluminação pública”, explica o diretor-geral do Detran Paraná, Marcos Traad.

De acordo com ele, a mudança é positiva e pode ajudar a diminuir o número de acidentes nas estradas. Uma estimativa da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) aponta que o farol baixo aumenta em 64% a possibilidade de ser visto por um veículo no sentido contrário.

“É uma ação simples, que aumenta a atenção dos demais motoristas para a via. O problema é que a falta de atenção é considerada o principal motivo de acidentes nas rodovias do Paraná. Em 2015, foram 3,7 mil acidentes registrados pela Polícia Rodoviária Federal por este motivo. Foram 2,9 mil feridos e 107 mortes”, completa Traad.

Alguns motoristas já adotam a prática e recomendam o uso do farol aos demais condutores. É o caso do consultor Luís Henrique Macedo, de 31 anos, que viaja constantemente a trabalho. “Percebo que o stress e o cansaço, muitas vezes, nos provocam ilusão de ótica e deixam nossa visão embaralhada. Usar a luz, mesmo durante o dia, contribui com a segurança e evita acidentes”, destaca.

O advogado Fabrício Tairo Mattos, de 25 anos, viaja do Paraná até Santa Catarina duas vezes por semana para estudar e trabalhar e também reforça a importância de usar a luz para ser visto pelos outros motoristas.

“O farol torna o carro mais visível aos demais veículos, deixa as ultrapassagens mais seguras e reduz o risco de colisões frontais. É um instrumento que sinaliza a sua presença na pista e eu acho que é parte de uma atitude de direção defensiva”, afirma.

Dados da Associação Norte-Americana de Segurança Rodoviária nos Estados Unidos mostram que o uso de farol baixo durante o dia reduz em até 12% os acidentes envolvendo pedestres e ciclistas e em 5% as colisões entre veículos.

Ler 3653 vezes

Itens relacionados (por marcador)

Entre para postar comentários
Top