La Niña vem aí e deve trazer geada com potencial de danos para o Sul do Brasil

Tudo indica que o fenômeno Lã Niña vai atingir a região Sul do Brasil a partir do fim deste mês de julho.

A condição climática La Niña é caracterizada pelo esfriamento das águas do Oceano Pacífico e deve trazer maiores riscos de geadas, inclusive no território paranaense.

Essa é a previsão do meteorologista e engenheiro agrônomo Ronaldo Coutinho, do Canal do Tempo. De acordo com o profissional, as culturas de inverno podem ser prejudicadas.

‘’Vamos ter eventos de frio forte tardio. Lavouras de inverno: trigo, cevada, centeio e aveia vão correr risco de ter geadas com potencial de danos, a partir do final de julho em diante. Quem ainda não plantou o trigo nas áreas mais atrasadas, converse com seu técnico, faça um planejamento’’

O meteorologista orienta para que o produtor rural que ainda não plantou o trigo nas áreas mais atrasadas, que converse com um técnico e faça um planejamento para evitar o máximo de prejuízo.

‘’Vamos dizer que o plantio normal seja do dia 20 de julho até o dia dez de agosto, então plante no final do dia dez ou até dia 15 de agosto, porque lá na frente entre a segunda quinzena de setembro e primeira quinzena de outubro, regiões como Campos Novos, Guarapuava, Campos de Palmas, regiões catarinense ou paranaense poderão ter geadas com potencial de danos nesse período. Do meio de julho já tem indicativo de uma onda de frio forte que pode trazer problemas na região central do Paraná, como Cascavel e Pato Branco, essa região que plantou um pouco mais cedo já pode ter algum problema, trazendo a chance de geada danosa.’’

Ler 57 vezes
Entre para postar comentários
Top