Projeto de extensão da UFFS - Campus Realeza traz conscientização sobre bem-estar animal

Assessoria - A importância do bem-estar animal é tema de um projeto de extensão que está sendo desenvolvido pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Realeza.

Em uma parceria entre os cursos de Letras Português e Espanhol e Medicina Veterinária, o “Projeto Vida do Cão” pretende lançar vídeos explicativos sobre proteção animal, apresentando ao público o compromisso de desenvolver atitudes que promovam o bem-estar físico e mental, atendendo às necessidades básicas dos animais.

O primeiro vídeo foi lançado na sexta-feira (1º), no Canal Vida do Cão, no YouTube. O projeto também conta com perfil no Instagram e página no Facebook, onde são disseminados demais conteúdos explicativos e orientações quanto ao bem-estar animal. A Associação Melhores Amigos dos Animais (AMMA) de Realeza é uma entidade parceira na divulgação do conteúdo.

A inspiração para o projeto é um cão chamado Bob, que foi resgatado de um atropelamento em 2016. Em razão do acidente, o animal ficou paraplégico e está sob os cuidados da professora Marilene Aparecida Lemos, que coordena o “Projeto Vida do Cão”. “A experiência como tutora do Bob, durante esses cinco anos, incentivou-me a pensar em um projeto que pudesse oferecer um material informativo a respeito do bem-estar animal. Um dos primeiros vídeos que lançaremos busca apresentar os cuidados com cães paraplégicos, como o Bob. Convidamos o médico veterinário Jeancarlo Gross para abordar esse tema. Nosso objetivo é realizar entrevistas sobre bem-estar animal com médicos veterinários da região de fronteira e da UFFS”, explicou.

Os vídeos serão lançados mensalmente, sendo os temas definidos pelo curso de Medicina Veterinária, com a colaboração da professora Denise Maria Sousa de Mello. “O bem-estar animal é tema recorrente na sociedade atual e que desperta o interesse dos profissionais que lidam com animais, bem como o desejo de uma parcela da comunidade de programas e políticas em favor destes, além de maior rigor no cumprimento das leis de proteção. Os maus tratos aos animais são constantes na sociedade humana, que desconhece ou ignora a dignidade animal, e principalmente a senciência animal, na qualidade de ser que sente, sofre, tem necessidades e direitos. Os próximos temas abordados nas entrevistas serão: cuidados com PETS com necessidades especiais, tutela responsável, direito animal, abandono animal, o crime de maus-tratos a animais, entre outros", detalhou Denise.

Outro objetivo do projeto é refletir sobre o ensino-aprendizagem da língua portuguesa e espanhola. “Buscamos apresentar também as experiências de médicos veterinários da cidade argentina de Bernardo de Irigoyen, favorecendo e incentivando o aprendizado da língua espanhola ao público. Nesse sentido, o curso de Letras dedica-se às questões da língua portuguesa e espanhola, bem como aos aspectos relacionados ao gênero entrevista, com a colaboração da professora Márcia Adriana Dias Kraemer”, acrescentou Marilene. Participam do projeto também as acadêmicas Raquel Merger Artuzo, Daiana Turchetto Muller e Larissa de Sousa Balbino.

Ler 27 vezes
Entre para postar comentários
Top