Rede paranaense de Agências do Trabalhador é apresentada em encontro nacional

A rede de atendimento ao trabalhador, vinculada à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, tem chamado a atenção de outros estados.

O modelo foi apresentado no Fórum Nacional de Secretarias do Trabalho, mesmo evento em que foi anunciada a criação das Centrais de Oportunidades pelo governo de Pernambuco, que têm os mesmos objetivos da rede paranaense.

O Paraná, por meio das Agências do Trabalhador, foi o estado que mais empregou no Brasil, em 2021, com 110.011 novos postos de trabalho. “Temos Agências do Trabalhador em 216 municípios e foram criados postos avançados na gestão do governador Carlos Massa Ratinho Junior que cobrem todo o Estado”, explica o secretário.

“Além disso, nós trabalhamos na qualificação do nosso pessoal para captar as vagas e orientar os trabalhadores. E na outra ponta temos cursos de capacitação para os trabalhadores atenderem aos requisitos das empresas que oferecem as vagas”, completou.

APRESENTAÇÃO

O modelo adotado pelo Paraná foi apresentado pela chefe do Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda, Suelen Glinski. O Fórum foi realizado em Recife, semana passada.

“As nossas agências funcionam em parceria com as administrações municipais, que são capazes de traduzir a realidade de cada município. Assim, podemos atender aquela região com a capacitação profissional necessária para aqueles trabalhadores. Também criamos programas para estimular aqueles que têm perfil de microempreendedor”, destaca Suelen.

O secretário de Trabalho de Pernambuco, Alberes Haniery Patrício Lopes, afirmou que vem acompanhando o trabalho realizado no Paraná. “Agora estamos implantando as Centrais de Oportunidades, em Pernambuco, para ajudar o trabalhador e o empreendedor. Vamos ampliar para mais de 100 unidades”, contou o secretário.

Ler 150 vezes
Entre para postar comentários
Top