Profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências do Sudoeste discutem melhorias do setor

Reuniões preparatórias para congresso estadual foram realizadas em Pato Branco e Palmas

A Regional Pato Branco do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) realizou nos dias 6 e 7 de abril, em Pato Branco e Palmas, respectivamente, as Reuniões Preparatórias de Inspetoria (RPIs). Participar profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências cadastrados na Regional, além de representantes de instituições de ensino, entidades de classe e acadêmicos dos cursos relacionados.

O principal objetivo é dar voz aos profissionais das modalidades ligadas ao Crea-PR, com a possibilidade de apresentação de propostas para melhorias ou mudanças na legislação e nos processos que regem as atividades vinculadas ao Sistema Confea/Crea.

O engenheiro civil Diogo Colella, gerente da Regional Pato Branco do Crea-PR, conta que as RPIs ocorrem a cada três anos e são a etapa inicial de um processo na qual o Sistema Confea/Crea abre debates em formato de audiências públicas.

“Com a contribuição dos profissionais, o sistema pode prestar serviço público de forma ainda mais dinâmica, desburocratizada e eficiente. Um destaque é a possibilidade de que os profissionais proponham atualizações em nossos normativos, o que visa manter o sistema atualizado e permite que nossas ações de fiscalização e de registros profissionais e de empresas possam evoluir ainda mais”, observa Diogo.

Edson Roberto Silveira, presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos de Pato Branco (AEA-PB), foi um dos participantes na reunião do dia 6 de abril. “[A RPI] É a oportunidade que nós, profissionais, temos de apresentar propostas para problemas da região. As propostas aprovadas aqui serão encaminhadas para a reunião regional preparatória e, depois, para o 11º Congresso Estadual de Profissionais (CEP), em julho, em Foz do Iguaçu”, explica Edson.

O engenheiro civil Adriano Bonafé, diretor tesoureiro da Associação de Engenheiros de Palmas (AEP), participou da RPI no município. Para ele, as reuniões valorizam as categorias profissionais. “Podemos ter voz ativa, relatar nossos problemas e dificuldades e sermos ouvidos. É o momento de nos expressarmos, de contribuir para melhorar a nossa realidade. Temos deveres, mas também direitos junto ao Crea, uma autarquia que nos representa”, afirma Bonafé.

Na reunião da Inspetoria de Pato Branco, o engenheiro eletricista e de segurança do trabalho Ivan Chiamulera foi eleito como delegado representante na etapa regional, em maio. Em Palmas, Luiz Carlos Ferreira da Silva, engenheiro civil, foi escolhido como delegado representante.

Premiações
Na reunião da Inspetoria de Pato Branco, foram entregues os certificados referentes aos prêmios Destaque Profissional e Crea da Qualidade. O engenheiro químico William Cézar Pollonio Machado foi premiado como Carreira Destaque no ano 2020 e Educador Destaque, em 2021. Já pela 14ª edição do Prêmio Crea da Qualidade, divulgada em novembro do ano passado, a AEA-PB recebeu o certificado pelo primeiro lugar geral no Estado. A Associação Regional dos Engenheiros e Arquitetos de Pato Branco (Area-PB) recebeu o certificado por ter obtido o segundo lugar geral.

Ler 77 vezes
Entre para postar comentários
Top