Alguns Problemas nos cães e gatos que exigem assistência médica

Não podemos esquecer que os cães e os gatos não falam e a única linguagem que têm é a corporal. Por isso, a atenção com eles deve ser redobrada e ao menor sinal de um sintoma aparentemente normal, o correto é que sejam levados a um veterinário.


Conheça alguns sintomas que podem indicar que o animal esteja em risco de vida.
• Sangue nas fezes, sangramento pela boca e pelo reto, vômito e diarréia sanguinolenta, podem indicar várias coisas, inclusive hemorragia interna decorrente de envenenamento.
• Diarréia copiosa que se manifesta de meia em meia hora ou de hora em hora, sem que o animal se alimente ou beba água nos intervalos, pode causar choque.
• Dificuldade respiratória, sobretudo com gengivas azuladas, pode ser sinal de insuficiência cardíaca.
• A micção e a ingestão em excesso de água, acompanhados de depressão, vômito, diarréia e eliminação de mucosidade avermelhada seis a oito semanas depois do cio, em cão ou gato fêmea (virgem), são sinais de piometria, que é muito comum e letal. O mal evolui lentamente, no decorrer de meses ou anos e é também caracterizado por acentuada irregularidade do período de cio.
• A dificuldade no parto é uma emergência. Algum esforço sempre há no parto normal, mas se houver trabalho de parto contínuo sem resultados, poderá haver risco de vida para o animal.
• Crises convulsivas devem ser imediatamente notificados ao veterinário. A causa pode ser envenenamento. Não imobilize o animal durante as convulsões.
(Méd. Vet.. Claudemir Dal Molin- Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.).
 

Ler 1143 vezes
Entre para postar comentários
Top