Veículos - Jornal Novo Tempo
Para acirrar mais a briga no segmento de picapes médias, a General Motors lançou a terceira geração da família S-10 (ao todo, são 19 configurações, com cabines dupla e simples, motor a gasolina ou diesel, e tração 4X2 ou 4X4), que começa a ser vendida amanhã em todo o país. A picape sofreu pequenas mudanças visuais, ganhou novas versões de acabamento e motor eletrônico.
Elas são práticas para uso urbano e lazer, robustas para o trabalho e até permitem incursões leves em trilhas. Estamos falando das picapes leves nacionais, modelos derivados de automóveis compactos, que são um sucesso no Brasil. E uma curiosidade. Elas quase são um fenômeno do país, pois são raríssimas lá fora. Os europeus, por exemplo, preferem os furgões e os norte-americanos, veículos maiores com chassi próprio.
A Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA) divulgou nota condenando a conversão de veículos originalmente monocombustível para multicombustível. Segundo a entidade, a conversão por meio de intervenção na injeção eletrônica, além de ser ilegal, lesa os consumidores e prejudica o meio ambiente.
A tão comentada invasão chinesa no mercado automobilístico brasileiro parece estar prestes a acontecer.
A Alfa Romeo pretende dar um novo impulso no mercado brasileiro. E a nova fase começa com o lançamento, no fim de agosto, do renovado 147. As linhas da versão reestilizada do hatchback de luxo tiveram inspiração nas do conceito Brera, de 2002.
Página 30 de 30
Top