Juventude Cidadã vai atender 30 jovens amperenses
O Projeto Juventude Cidadã de Ampére teve início no dia 15 de maio e irá atender 30 alunos de baixa renda na faixa de idade de 16 a 24 anos e que nunca tiveram vínculo empregatício, com o objetivo de qualificá-los através de aulas teóricas e práticas para o mercado de trabalho numa parceria entre o Departamento de Ação Social, coordenado pela primeira dama do município, Claudinete Dettoni, o Ministério do Trabalho e Emprego do governo federal e entidades privadas ou públicas.
Pelo convênio, o Ministério custeará 525 horas de qualificação social e profissional e a prefeitura através do Departamento de Ação Social deverá criar condições objetivas para elevar a escolaridade dos jovens visando a inserção produtiva de no mínimo 30% no mercado de trabalho.
O projeto está sendo desenvolvido pelo professor Glauber Forceline e pela supervisora Valéria Cooper Fedrigo. A diretora do Departamento de Ação Social, Claudinete Dettoni destaca que este projeto irá contribuir para que jovens que não estejam no mercado de trabalho tenham a oportunidade, através do aprendizado que combina a teoria e a prática, de em breve estarem ocupando seu espaço dentro do mercado de trabalho.

Ler 712 vezes
Entre para postar comentários
Top