Inteligência da PM impede roubo a duas agências bancárias de Três Barras do Paraná

A Polícia Militar vinha monitorando essas pessoas desde julho. A resposta rápida envolveu uma complexa operação de inteligência que contou com unidades da região e de Curitiba.

A Polícia Militar frustrou uma tentativa de roubo a duas agências bancárias na cidade de Três Barras do Paraná, no Oeste, na madrugada desta quinta-feira (04). A resposta rápida envolveu uma complexa operação de inteligência que contou com unidades da região e de Curitiba.

Informações preliminares indicam que o grupo criminoso chegou à cidade durante a madrugada e bloqueou todas as rodovias que dão acesso ao município e, em seguida, iniciou, simultaneamente, os ataques. No entanto, as equipes policiais, que já estavam na região, sabiam dos planos do grupo, reagiram e houve confronto armado, frustrando o ataque.

Cinco homens reagiram à abordagem da PM e, após o confronto, morreram. Um sexto integrante ficou ferido, foi encaminhado a um hospital, mas também morreu. Pelo menos um deles estava com explosivos no próprio corpo, material que também foi encontrado nos veículos.

Foram apreendidas sete armas de grosso calibre (três fuzis, sendo dois 556 e um AK 47, duas armas de calibre .12 e duas pistolas), coletes balísticos, diversos carregadores municiados e um carregador caracol com capacidade para 100 munições.

Segundo as informações do 6º Batalhão, os criminosos estavam divididos em dois grupos: quatro em um veículo Honda/HRV roubado atacaram a primeira agência e a menos de 700 metros de distância o outro grupo investiu contra o segundo banco com um Renault/Fluence, carregado com explosivos. A Polícia Militar ainda busca outros dois integrantes.

O comandante-geral da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira, destacou a bravura dos policiais militares no enfrentarem do grupo. “Graças à atitude da inteligência, que agiu de forma pontual e cirúrgica, e também ao profissionalismo de todos os policiais militares envolvidos na operação, foi possível evitar maiores danos ao patrimônio público, privado e preservar os cidadãos de Três Barras do Paraná”, disse.

A Polícia Militar vinha monitorando essas pessoas desde julho. “Esses mesmos criminosos roubaram bancos por duas vezes em Campo Bonito, além de São Carlos do Ivaí e Mariluz. Após essas situações, foi iniciado um trabalho em conjunto com vários setores da Polícia Militar e houve um monitoramento detalhado. Nossas equipes já estavam há uma semana na região acompanhando de forma velada a movimentação”, explicou.

Segundo as informações do 6º Batalhão, os criminosos estavam divididos em dois grupos: quatro em um veículo Honda/HRV roubado atacaram a primeira agência e a menos de 700 metros de distância o outro grupo investiu contra o segundo banco com um Renault/Fluence, carregado com explosivos. A Polícia Militar ainda busca outros dois integrantes.

O comandante-geral da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira, destacou a bravura dos policiais militares no enfrentarem do grupo. “Graças à atitude da inteligência, que agiu de forma pontual e cirúrgica, e também ao profissionalismo de todos os policiais militares envolvidos na operação, foi possível evitar maiores danos ao patrimônio público, privado e preservar os cidadãos de Três Barras do Paraná”, disse.

A Polícia Militar vinha monitorando essas pessoas desde julho. “Esses mesmos criminosos roubaram bancos por duas vezes em Campo Bonito, além de São Carlos do Ivaí e Mariluz. Após essas situações, foi iniciado um trabalho em conjunto com vários setores da Polícia Militar e houve um monitoramento detalhado. Nossas equipes já estavam há uma semana na região acompanhando de forma velada a movimentação”, explicou.

Ler 171 vezes
Entre para postar comentários
Top