Crea-PR recebe indicações para o Prêmio Melhores TCCs até o dia 2 de maio

Professores dos cursos de Engenharia, Agronomia e Geociências podem indicar trabalhos de conclusão de curso que foram apresentados em 2021

A Alep homenageou vencedores do prêmio, em Pato Branco. Na foto, Marcio Loss (representando o deputado Luiz Fernando Guerra), o professor Ithalo Hespanhol de Souza, Ricardo Bertoncello (coordenador dos cursos de Eng. Elétrica e Eng. Civil do Unidep), Everton Luiz Morelatto, Rafael Welington Sanitá e Diogo Colella (gerente da Regional Pato Branco do Crea-PR)

Já está aberto o período para indicação de trabalhos ao Prêmio Melhores TCCs, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), que acontece anualmente com o apoio do Colégio de Instituições de Ensino (CIE), do Colégio de Entidades de Classe (CDER) e do Colégio de Inspetores. O objetivo é valorizar o conhecimento técnico e científico às áreas afetas ao Sistema Confea/Creas (Engenharias, Agronomia e Geociências) e proporcionar a difusão da produção acadêmica aos profissionais. Nesta premiação, o Crea-PR ainda conta com participação de parceiros institucionais, como a CredCrea e a Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais.

Através de Edital para indicação, eleição e premiação dos melhores TCCs, as coordenações dos respectivos cursos têm até o dia 2 de maio para indicar os TCCs nas seguintes modalidades: Civil; Elétrica; Mecânica e Metalúrgica; Química; Geologia e Minas; Agrimensura; Agronomia; e Especiais (Segurança do Trabalho). Serão premiados os três primeiros colocados de cada modalidade.

“A indicação é realizada pelos professores dos cursos de Engenharia, Agronomia e Geociências dos trabalhos de conclusão de curso que foram apresentados em 2021”, explica o gerente de Relações Institucionais do Crea-PR, Claudemir Marcos Prattes. Os coordenadores de curso das áreas afetas ao Sistema Confea/Creas podem realizar a indicação de até cinco trabalhos. Basta clicar no “Acesso Restrito das Instituições de Ensino”, no site do Crea-PR (crea-pr.org.br).

Após o término do período de indicação, os TCCs indicados por cada regional do Crea-PR passarão por avaliação e posterior eleição, levando em consideração critérios de “aplicabilidade do conhecimento técnico na prática profissional”, “grau de inovação” e “nível de abrangência do tema”. Os Colegiados Estaduais terão até 31 de julho de 2022 para eleger os melhores TCCs, sendo que o Crea-PR anunciará no seu site institucional a classificação na primeira semana de agosto.

A iniciativa oportuniza aos autores dos três melhores TCCs de cada modalidade, a submeter a sua produção para publicação na Revista Técnico-Científica do Crea-PR, desde que respeitados os requisitos da Política Editorial. Também é realizada a entrega de certificados do “Prêmio TCC”, e possibilidade de ter os seus trabalhos expostos em forma de banner na “Mostra de TCCs”, que acontece durante o Fórum de Docentes e Discentes, Encontro Paranaense de Entidades de Classe (Epec) e o Fórum de Inspetores do Crea-PR. Além disso, todos os TCCs inscritos serão disponibilizados na Biblioteca Virtual do Conselho.

“A premiação é um incentivo na participação do egresso, futuro profissional do Sistema Confea/Crea, na sua contínua formação e aproximação com Conselho, oportunizando a melhoria e estreitamento nas relações com as instituições de ensino parceiras”, pontua Claudemir. Segundo ele, nos últimos anos a quantidade de TCCs indicados aumentou consideravelmente, chegando a alcançar mais de 200 trabalhos em 2021. A expectativa para 2022 é de superar os 300 trabalhos inscritos, o que torna o prêmio o maior reconhecimento da categoria em todo o país.

Vencedores recebem menção honrosa da Alep
Rafael Welington Sanitá e Everton Luiz Morelatto, de Pato Branco, que conquistaram o primeiro lugar em Engenharia Elétrica no prêmio Melhores TCCs do Estado, do Crea-PR, foram homenageados pela Assembleia Legislativa do Estado do Paraná com menção honrosa, no dia 18 de fevereiro. A proposição foi do deputado Luiz Fernando Guerra, pelo projeto “Análise de implantação de uma usina de geração de energia elétrica através de resíduos sólidos urbanos em Pato Branco”, trabalho de conclusão do curso de Engenharia Elétrica do Unidep.

O projeto, que contou com a orientação do professor Ithalo Hespanhol de Souza (também homenageado com menção honrosa) foi defendido em 2019 e vencedor na modalidade Engenharia Elétrica, na edição de 2020. Por conta das restrições relacionadas à pandemia, a entrega das menções foi realizada apenas agora, durante a formatura de turmas de Engenharia Elétrica e Civil, no auditório do Unidep, em Pato Branco.

 

Ler 235 vezes
Entre para postar comentários
Top