Izabelense conta como conseguiu nota boa no Enem para cursar Medicina

O jovem izabelense, Rodrigo Luiz Dias já está frequentando os bancos escolares (Ensino Superior) para cursar Medicina e com bolsa integral do ProUni, conseguida através de muito estudo, estratégia e é claro, uma boa nota no Enem.

Conseguiu e faz um relato de como foi o seu comprometimento para com o sucesso e sonho alcançado. Confira o seu depoimento a seguir:

"Não lembro bem ao certo quando decidi que queria estudar Medicina. Confesso que no começo parecia ser algo extremamente impossível, mas com muita fé em Deus e em Nossa Senhora Aparecida prometi não desistir até ver meu nome na lista dos aprovados.

No ano passado (2021) tive que mudar a maneira com a qual eu estava estudando. O objetivo era conseguir uma boa nota no ENEM e para isso era necessário rever grande parte dos conteúdos do Ensino Médio e também preservar minha saúde mental, pois a prova, assim como qualquer outro vestibular, exige raciocínio e controle emocional. Minha rotina consistia em acordar cedo, ir trabalhar e depois aproveitar a tarde e à noite para estudar e rever conteúdos. Uma das estratégias que utilizei foi refazer as provas de edições anteriores do ENEM e focar nas áreas de Matemática e Redação, que são as disciplinas com as maiores notas no exame.

Apesar do medo e da insegurança consegui uma média suficiente para ser aprovado no tão sonhado curso de Medicina. Por questões financeiras e pela vontade de ficar perto de minha família optei por uma bolsa integral do ProUni na UNIDEP, na cidade de Pato Branco – PR. Espero com essa conquista poder oferecer uma melhor qualidade de vida para os meus pais e garantir que minha sobrinha Raffaela também tenha a oportunidade de estudar e alcançar os seus objetivos.

Não poderia deixar de agradecer as pessoas que de uma forma ou de outra sempre estiveram comigo nessa caminhada. Meus professores, amigos, colegas de trabalho e elenco artístico do CTG. Se daqui seis anos eu estiver com um diploma na mão, certamente foi graças ao apoio de cada um de vocês. Agradeço de maneira especial minha mãe (Eva), zeladora do Posto de Saúde e meu pai (Ronário), motorista de caminhão, por jamais terem deixado de acreditar no meu sonho. Agradeço também a minha irmã (Jeniffer), a primeira da família a conseguir um diploma e minha maior inspiração".

Ler 94 vezes
Entre para postar comentários
Top