Empresárias recebem Moção Honrosa promovida pelo Núcleo da Mulher Empresária de Beltrão

Participaram mulheres de várias cidades da região Sudoeste e de Curitiba.

Da assessoria/Acefb

As três mulheres homenageadas com a “Moção Honrosa 8 de Março” na quarta-feira, 16 de março, pelas integrantes do Núcleo da Mulher Empresária de Francisco Beltrão (NMEFB), vinculado à Associação Empresarial (Acefb), foram as empresárias Eda Jacira Alves de Souza, Elizabeth Carboni e Loiri Grassi Hilesheim.

Com o tema “Mulheres que inspiram”, o evento reuniu mais de 300 pessoas no salão de festas, bailes e formaturas do Santa Fé Clube de Campo. O patrocínio máster foi da Cresol com apoio da Clínica de Estética Santê, Ester Avila, Fina Stampa, Pretty, Studio G, Vanessa Teles Beauty e Ampernet. Todo o ambiente foi especialmente preparado para receber os convidados, que foram recepcionados com belas músicas num local harmonioso e aconchegante.

A noite proporcionou aos participantes vivenciarem a emoção de conhecer a história de mulheres de destaque, que fazem a diferença tanto no meio empresarial quanto social. A coordenadora do NMFB, empresária Rose Pedron, agradeceu pela presença dos convidados. “O evento foi preparado com muito carinho e só foi possível porque vocês estão aqui. É um evento para mulheres que inspiram umas às outras. Quero levar também nosso carinho às mulheres da Ucrânia, que em pleno século 21 sofrem com uma guerra absurda, sem nenhuma necessidade”. Também participou a presidente da Cacispar Mulher, Paola Battistella.

Teve ainda desfile de moda, onde foi mostrando o potencial de negócios de Beltrão, valorizando o trabalho e a beleza feminina. O evento gerou novas conexões, fortaleceu vínculos e oportunizou momentos para geração de novas parcerias e negócios.

Agradecimento especial

Rose destaca o papel fundamental que a imprensa tem perante à sociedade. “É a imprensa que leva as informações para o público, tudo que realizamos nesta noite [quarta] não seria nada se nossos amigos das rádios, TVs, jornais, revistas e portais não produzissem notícias. Só temos a agradecer pela ampla cobertura que é feita”, agradece. *A transmissão completa do evento pode ser conferida no Facebook da Acefb – (aqui)

*História de vida das homenageadas*

Eda Jacira Alves de Souza: No dia 23 de julho de 1840, Dom Pedro de Alcântara torna-se imperador do Brasil, com 14 anos. No dia 23 de julho de 1970, na cidade de Eneas Marques, numa área rural arborizada, cortada por uma pequena sanga, que saciava a sede dos vários animais e aves da propriedade, Nasceu a Filha do Seo Ornélio Alves de Souza e da Dona Colorinda Assonalho de Souza.

A casa era de madeira, simples, mas havia muito amor entre os 8 filhos do casal. Na propriedade havia uma grande plantação de feijão e milho, mas tudo era para o consumo da família e dos animais. Ela trabalhou até 1995 nas atividades agropecuárias da família.

Aos 25 anos, Eda iniciou sua carreira acadêmica no curso de Economia doméstica, na então Facibel, atual Unioeste. Diante da grande dificuldade do meio de locomoção que era enfrentado, ela resolve morar em Francisco Beltrão, uma cidade promissora e que apresentava grande potencial de desenvolvimento. Acertou em cheio, ingressou fazendo estágio na empresa 3° ação no ramo de limpeza e conservação, foi efetivada em 1998 na qual permaneceu até o ano de 2008 quando a empresa encerrou suas atividades. A preocupação bateu a sua porta e a beira do desemprego surge um ímpeto empreendedor.

Ela resolve empreender e continuar na mesma atividade. Agora junto com seu marido João Batista, abrem então a Servicol. E no ano seguinte em 2009 surge sua segunda empresa a Limpcol, na área de controle de pragas urbanas e limpeza de caixa d'água. Além de estar à frente das duas empresas, ainda tem seus 2 filhos, Ingrid, com 19 anos e João Henrique, 12 anos.

Os desafios em sua rotina pesada são constantes, e mostram dia após dia a força e a determinação feminina, os quais ela se orgulha, batalhando pelo crescimento pessoal e profissional. Todas as mulheres são fortes, elas só precisam se conhecer e concentrar suas forças no que querem.

Elizabeth Carboni: O ano era 1952, Capanema foi elevada à categoria de Município, neste ano realizou-se a primeira eleição para o cargo de Prefeito Municipal, sendo eleito o Sr. Otávio Francisco de Mattos, com 44 votos. Cinco anos depois, em 1957, em meio ao grande conflito que marcou a história do Sudoeste, a Revolta dos Posseiros, exatamente no dia 29 de junho 1957 em Capanema, uma cidade circundada por águas dos rios Capanema, Siemes e o grande e majestoso rio Iguaçu, nasceu uma Criança curiosa, inquieta, magricela de estatura alta, maior que todas as outras crianças, ela sofria muitas chacotas, mas tudo era motivo de risos e brincadeiras.

Muito cedo começou a praticar esportes, jogando handebol e vôlei representado a cidade no jogos abertos, nos escolares nas “olimpíadas” entre escolas, em todas as competições (tipo piolho de quadra), chegando a defender a seleção paranaense de handebol.

A prática de esportes foi sua grande paixão. Como toda boa família Italiana, os filhos começam a trabalhar muito cedo, Neta e Filha de açougueiros lá foi ela trabalhar no açougue ainda na adolescência, trabalho árduo, difícil para meninas realizar, mas ela e sua irmã Lurdes faziam com maestria. Os estudos sempre foram importantes. É professora de formação, técnica em contabilidade e administradora, registramos aqui uma das atividades que muito lhe orgulha: coordenadora do mobral, projeto este que alfabetizava adultos principalmente do interior. Ainda muito jovem, o espírito empreendedor era latente, junto com o saudoso professor Valdelirio Michel e sua amiga de infância Londi Markus criaram o Jornal “O Trombeta” sua primeira empresa.

Todos os eventos na década de 70 e 80 realizados em Capanema lá estava ela na organização, no trabalho duro, citando alguns destes eventos: fanfarra, festival da canção, baile do Havaí, baile do Chopp. No início da década de 80, mais precisamente em 1982 virou cidadã beltronense.

Casou e veio residir em Beltrão. Casada com Ruben Buss, corretor de seguros, tiveram duas filhas, a Fernanda Carboni Buss e Mariana Carboni Buss. No ano de 1983 iniciou sua história profissional em Francisco Beltrão, professora no Colégio das Irmãs “O Colégio Glória” atuando com 3ª série na parte da tarde e Matemática na parte da manhã.

Sempre quis ser mãe, e, se questionava se sendo continuaria com a docência. No final de 1986 nasceu a Fernanda e a professora, encerrou suas atividades. Começou então a trabalhar na Corretora de Seguros junto com o Ruben, pai das suas filhas.

E seguro, como ela costuma dizer; ou você se apaixona ou larga. Ela se apaixonou.

No ano 2.000, iniciou sua carreira solo, fundou a Carboni Corretora de Seguros sem muita escolha: ou dava certo ou dava certo, ufa deu certo, sofreu preconceito, quebrou paradigmas, lutou muito, aprendeu e trabalhou muito. É vanguarda. É corretora de seguros. A Carboni corretora é uma cria que deu certo. Como não poderia ser diferente, nesta Marrecas que tão bem lhe acolheu, também contribuiu. Foi catequista na igreja concatedral, no bairro centro. No Marrecas Clube teve grande participação nos carnavais, na diretoria, nos departamentos.

Na década de 90 foi coordenadora Regional do antigo IPE - Instituto de Previdência do Estado. Faz parte do Conselho, hoje Núcleo da Mulher Empresária há mais de 25 anos, coordenou a Expofeira Mulher em 2017, inovou e aquilo que já era bom ficou ainda melhor. Hoje, além de tudo isso, ela é avó da Luísa, ama cozinhar, receber os amigos e dar boas risadas.

Loiri Grassi Hilesheim: O Brasil recebeu imigrantes de várias nacionalidades e apesar disso, a imigração italiana no Brasil – e o imigrante italiano – se destacou diante de todos eles. Conquistou seu espaço e criou raízes que fazem com que as comunidades italianas sejam muito ativas ainda hoje no Brasil.

No dia 29 de outubro de 1965 o interior de Francisco Beltrão ouviu um pequeno choro em italiano, ali nascia mais uma descendente Italiana, teve uma infância com condições muito precárias. Mas tudo bem, isso só torna as pessoas fortes para enfrentar a vida. Essa menina se casou em 1985 com Valdir Hilesheim, uma pessoa muito especial para ela e para todos que o conheciam. Tiveram 2 filhos, Kadije e Vinicius, que são o orgulho da mãe. Mas um fato triste para a família aconteceu, e de repente Valdir recebeu um chamado do grande Pai Celestial, pela vontade de Deus foi escolhido para morar junto Dele em 2002.

Ela e seus filhos tiveram que enfrentar uma vida totalmente diferente a que estavam acostumados, teve que assumir a Empresa Painecolor, onde só ele trabalhava antes, ela não entendia nada, estava completamente perdida, além da tristeza que pairava sobre sua família em função da perda de Valdir, teve que assumir uma nova vida, mas foi em frente. Dedicou-se ao máximo, aprendeu administrar a empresa e hoje quando olha para trás sente um orgulho danado de si mesma.

Foram dias terríveis, muita dor, depressão, angústia, enfim, muita tristeza e luta. Mas é na dor que se aprende rapidinho e não na alegria. Foi aí que se encontrou com Deus e com pessoas que lhe ajudaram a aceitar a vontade do Pai Celestial. Foi em frente e conquistou a confiança de muitos clientes que deram a oportunidade de mostrar o seu trabalho.

Acreditem.... O ser humano é muito bom, levem essa certeza com vocês. Passaram-se anos e com a veia do empreendedorismo pulsando forte em sua essência, mudou seu ramo de trabalho, seu filho já era de maior e assumiu os negócios que eram de seu pai. Hoje ela trabalha no ramo de materiais elétricos e iluminação, sua Estrela Guia onde o nome foi inspirado por Deus e com gratidão a Ele estará reinaugurando uma nova loja com um lindo projeto para melhor atender seus clientes.

Hoje é uma pessoa muito feliz e realizada, pois possui a mais grande riqueza da vida, sua filha Kadije, seu filho Vinicius e seus netos, suas princesas Bárbara, Isabela, Lorena e o príncipe Valentin e claro, Deus em primeiro lugar. Está muito grata com essa homenagem, agradece a todas por esse carinho e pela confiança em seu trabalho. Ela manda um recado aqui que, ama todas vocês!

Ler 64 vezes
Entre para postar comentários
Top