Policia Militar de Santa Izabel do Oeste fiscalizará bares

Tania Santor

A Polícia Militar de Santa Izabel do Oeste intensificará a fiscalização em bares da cidade. Será exigida a documentação necessária para que os bares possam estar em funcionamento, pois muitos bares não possuem a documentação básica para atuar no ramo comercial.

Com a formalização destas empresas que estão na informalidade, não será mais aceito que se abra simplesmente uma porta ou uma parede em suas casas e vendam tragos de pinga a R$ 0,50 ao invés de estar propiciando uma renda extra esse estabelecimento se tornam um local onde as ocorrências policiais acontecem sempre. Em alguns bares da cidade onde os Alvarás de Licença de funcionamento haviam sido concedidos, já estão sendo devidamente cancelados, alguns estabelecimentos já foram fechados por falta da documentação necessária para o funcionamento.

Durante a fiscalização, que de agora em diante serão mais intensas, quem estiver irregular vai ter que se entender com o fisco estadual e vai ficar com o CPF sujo.

Os freqüentadores de bares sem documentação também terão problemas, pois a medida visa evitar que menores de idade possam estar consumindo bebidas alcoólicas, ou até mesmo pessoas que tenham problemas com a Justiça estejam freqüentando bares da região. A ação visa dar maior segurança para a cidade, inclusive para os proprietários de estabelecimentos que estejam com a documentação em dia e com as obrigações junto ao fisco federal, estadual e municipal.

A PM de santa Izabel do oeste e da região realizou nos últimos dias, a prisão de parte de uma quadrilha que agia na região cometendo roubos e tráfico de drogas. Entre os delitos atribuídos a eles está o roubo praticado contra o Posto de Combustíveis Beija Flor e também o roubo na Boate Três Estrelas. Outros delitos ocorridos na cidade e região também estão sendo investigados e esta quadrilha poderá estar envolvida na autoria. "Existem ainda alguns membros do Bando que não foram detidos, mas existe mandado de prisão expedidos pela Justiça para eles. Essas prisões já diminuíram muito os problemas que tínhamos na região, mas vamos continuar com esse trabalho procurando deter mais pessoas que estejam envolvidas em delitos", explicou o Sargento PM, André Roberto Peres.

Ler 648 vezes
Entre para postar comentários
Top