Traiano comenta “PAC estadual” para o sudoeste
Anunciada pelo Governo do Estado, a Política de Desenvolvimento Econômico do Paraná (PDE), conhecida como PAC Estadual, não contém nada além do que já estava previsto para ser investido no estado. Além disso, a média de recursos do estado a serem investidos até o ano de 2010 é menor do que os investimentos feitos durante o ano passado.
De um total de mais de R$ 18 bilhões em investimentos no Paraná, pouco mais de R$ 480 milhões serão destinados ao sudoeste do estado, o que corresponde a apenas 2,5% do total. De acordo com o programa para a região, os recursos deverão ser destinados para obras de geração e transmissão de energia e telecomunicação; construção, ampliação, e reforma de escolas e aquisição de equipamentos; reforma de hospitais e construção de unidades de saúde e equipamentos. “O sudoeste tem mais de meio milhão de habitantes e compreende 40 municípios. Os recursos destinados à região são poucos frente àquilo que a população necessita. Muita coisa que está inclusa no PDE, durante a campanha o governador citava como obra já executada”, disse o deputado Ademar Traiano, líder do PSDB na Assembléia, representante da região. Traiano explicou que o PDE apenas reestrutura a aplicação de recursos estatais, estaduais e federais, de acordo com a realidade e características das regiões, sem incluir os recursos do PAC. Para ele, apesar de muito aquém daquilo que o Paraná necessita, a medida, se executada por completo, deverá atrair indústrias ao estado.
Ler 990 vezes
Entre para postar comentários
Top