Capacete com air bag para motociclistas é anunciado
O primeiro capacete equipado com airbag para motociclistas, um produto de segurança que parecia impossível devido às complicações técnicas que oferecia, enfim chegará ao mercado por obra da APC Systems, uma empresa de Barcelona. Depois de mais de três anos de trabalho e de investimentos próximos de 1,5 milhão de euros, acompanhados por numerosos testes e provas de homologação, o capacete pode ser colocado à venda na Espanha no começo de 2008, de acordo com seus criadores.
O dispositivo APC (airbag protetor cervical) fica instalado ao lado da bateria da motocicleta. Em caso de acidente ou colisão, o aparelho emite um sinal de rádio que aciona o dispositivo de disparo do airbag que o motociclista leva incorporado ao capacete. O airbag, ativado, protege a região cervical do motociclista. Os inventores do novo produto garantem que, da colisão ao acionamento do airbag, o tempo é de apenas 15 centésimos de segundo. “Menos tempo do que demoramos para piscar”, garante Francisco Vera, diretor técnico da empresa. A peça desenvolvida pela equipe da APC é o dispositivo instalado na bateria da motocicleta para a emissão do sinal, que até agora representava o principal obstáculo a tentativas anteriores de produzir um capacete com airbag. “O que conseguimos é que esse dispositivo seja como um cérebro capaz de emitir ordens”, disse Jordi Aránega, gerente da APC. Os demais componentes, como o capacete, o airbag e o sistema que o infla, são fabricados por diferentes empresas européias e norte-americanas. A idéia de melhorar a segurança dos motociclistas surgiu quatro anos atrás em uma conversa entre amigos. Devido à convicção de que seria possível desenvolver um bom produto, a APC Systems foi constituída por quatro sócios em 2004. A empresa investiu 1,5 milhões de euros no desenvolvimento de seu sistema, e até o momento estava se dedicando apenas a pesquisas. “Nós mesmos nos surpreendemos por ninguém ter tentado antes desenvolver um capacete que aumentasse a segurança do motociclista”, diz Aránega, apontando que 65% dos acidentes de trânsito que acontecem em cidades tem uma motocicleta como um dos veículos implicados. A projeção de faturamento da empresa de Barcelona é de 2,5 milhões de euros no primeiro. “Estamos certos de que começaremos a vender na Espanha, mas em curto prazo devemos estender nossas atividades ao resto da Europa”, diz Aránega. Os responsáveis pela companhia ainda não estabeleceram o preço do novo capacete, mas asseguram que estará perto do cobrado “pelos produtos de boa qualidade”. A APC Systems está sediada no bairro de Poblenou, em Barcelona, e no momento tem seis funcionários. O projeto do grupo foi respaldado com empréstimos e subvenções pelo Cidem, Barcelona Activa e CDTI.
Ler 837 vezes
Entre para postar comentários
Top