Política - Jornal Novo Tempo

Um dos grandes temas que os deputados estaduais debaterão com o retorno das atividades em plenário na Assembleia Legislativa do Paraná no próximo dia 2 de agosto é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 3/2021 que acrescenta no artigo 179 da Constituição do Estado a obrigatoriedade do ensino da língua espanhola nas escolas públicas de ensino fundamental II ao final do ensino médio, em todas as escolas do Paraná, no horário regular de ensino, no mínimo de 02 horas/aula na carga horária semanal.

O deputado estadual Paulo Litro (PSDB) realizou na segunda-feira (26/7) a entrega de nova ambulância de suporte avançado para o prefeito de Salto do Lontra, Fernando Cadore.

Uma proposta que tramita na Assembleia Legislativa do Paraná pretende criar um dispositivo para o resgate de passageiros em elevadores de todo o Estado.

 

A deputada estadual Cristina Silvestri (CDN), procuradora da mulher na Assembleia Legislativa do Paraná, destacou a atuação do Legislativo Paranaense na criação e efetivação de leis que estão se tornando referência ao país.

O prefeito Cleber Fontana e o vice-prefeito Antonio Pedron recepcionaram na segunda-feira (19) o secretário estadual de infraestrutura e Logística, Sandro Alex, que passou o dia cumprindo agenda em Francisco Beltrão.

Estamos no Julho Dourado, período de conscientização sobre a saúde de animais de rua e animais domésticos, prevenção de zoonoses e conscientização contra o abandono.

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou, na terça-feira (13), a redação final do projeto de lei 577/2020, do deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), que institui o Programa e Incentivo à Utilização da Musicoterapia como Tratamento Terapêutico Complementar de Pessoas com Deficiência, Síndromes e TEA (Transtorno do Espectro Autista). O projeto seguiu para sanção do governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Há dois anos era criada a Procuradoria Especial da Mulher na Assembleia Legislativa do Paraná, órgão instituído para compor a Rede de Enfrentamento à Violência de Gênero, além de monitorar, discutir e defender os direitos de todas as paranaenses através da perspectiva do Poder Legislativo.

Capacitar profissionais de saúde e educação das três esferas de poder para detectar os sinais que possibilitam diagnosticar o quanto antes as doenças e síndromes raras e iniciar brevemente as terapias e tratamento para cada uma delas. Somada a isto, a necessidade da criação de um cadastro amplo das pessoas portadoras destas condições para facilitar o acesso delas às políticas públicas específicas.

Estabelecimentos varejistas deverão informar ao consumidor sobre a origem, a data de recebimento e de validade de seus produtos de origem cárnea.

Página 12 de 226
Top